Como retomar a sexualidade durante o puerpério

A maternidade muda completamente a vida de uma mulher. Poderia ser apenas um pensamento clichê, mas quem passa por tantas transformações no corpo, na mente, nas relações e até na própria identidade em tão pouco tempo sabe que a máxima é verdadeira. E em um mundo completamente novo, onde um novo bebê torna-se a parte mais importante do cotidiano e da família, as horas de sono diminuem drasticamente e as novas funções só aumentam, talvez sobre pouco espaço para retornar ao seu relacionamento físico com o seu parceiro.

Com um novo bebê em casa, é possível que as necessidades sexuais possam ser colocadas em segundo plano. Claro, sabemos que a experiência pós-parto é única para cada mulher. Algumas podem ter interesse zero em outra pessoa se aproximando da sua vagina, enquanto outras podem estar extremamente ansiosas para retomar ao sexo. Mas, para ambas, uma coisa é certa: é preciso tomar os cuidados certos para que o sexo se torne seguro e confortável novamente. 

Pensando nisso trouxemos dicas para te ajudar você a retornar novamente para o mundo do sexo após o parto. Vamos lá?

Espere o sim oficial

Durante sua consulta médica pós-parto padrão, seu médico pode avaliar quando você pode voltar a ser sexualmente ativa novamente, mas com segurança e conforto. No pós-parto, o ideal é que você espere algumas semanas para retornar ao sexo. 

Esse período é importante para diminuir o risco de infecção e evitar mais sangramentos, uma característica comum ao pós-parto. O tempo que você espera para fazer sexo pode variar de acordo com o tipo de parto que você teve. As cesarianas, por exemplo, são consideradas cirurgias de grande porte que exigem mais tempo de recuperação das mães.

Tenha um aliado: o lubrificante.

O lubrificante pode tornar o sexo menos doloroso e mais agradável nesse retorno. Isso acontece porque, no pós-parto, é comum o corpo imitar sintomas da menopausa como a secura vaginal, uma consequência da queda do nível de estrogênio, hormônio responsável pela lubrificação da vagina, logo após o parto e também durante a amamentação.

Vá no seu próprio ritmo

¾ das mulheres se preocupam em como se reconectar com sua sexualidade depois da maternidade. 

Prepare-se com cuidado e sem pressa para retomar a relação sexual. Além disso, não esqueça de priorizar suas necessidades e vontades nesse momento. Uma dica da Feel: Comece bem devagar com a masturbação, por exemplo, para sentir o corpo e lembrar como é ficar excitada novamente. Dedique-se um tempo para desenvolver novamente a sua autoconfiança.

Sim, o sexo pode mudar. E está tudo bem.

Depois do nascimento do seu bebe, é possível que o seu relacionamento mude e você enxergue seu parceiro ou parceira com outros olhos, até mesmo se apaixonando novamente por ele. Algo novo que também acontece é o processo de recuperação do pós-parto pois a dor, física e emocional, pode influenciar bastante nesse retorno. Dependendo de como foi a experiência do parto, o pós pode ser extremamente dolorido e a ideia de fazer sexo novamente, assustadora.

Buscar o apoio de um obstetra ou de um profissional de saúde mental especializado em questões pós-parto pode te ajudar a passar por esse processo.

Parceiros: sejam pacientes e participativos

Seu parceiro ou parceira também precisa ser consciente nesse retorno ao relacionamento sexual de ambos. A pressão não ajudará nem um pouco ao casal e também, muito provavelmente, não será vista como um apoio saudável. 

Nos sentimos muito mais confortáveis quando nossos parceiros nos permitem escolher a melhor posição e o ritmo na hora do sexo. Conversem antes, durante e depois. Dizer à sua mulher que você se preocupa com o que ela sente e que a ama e ao seu corpo exatamente como eles são também ajuda na retomada da sua confiança e segurança.


Fontes: Smile Makers e My Lola.com

✔️ Produto adicionado com sucesso.